O que é Serviço Social

Profissão de nível superior regulamentada pela Lei 8.662/1993.

O Serviço Social é uma profissão que habilita o/a Assistente Social a ter uma compreensão crítica e ampliada das relações sociais existentes no sistema capitalista e que o/a capacita a planejar, executar e monitorar políticas sociais (e demais serviços sociais) direcionados ao público alvo dos seus serviços, em instituições públicas e/ou privadas.

O Serviço Social é, ainda, uma profissão que habilita o Assistente Social desenvolver uma praxis social e um conjunto de ações de natureza socioeducativa em uma perspectiva de transformação social comprometida com a democracia e com o enfrentamento das desigualdades sociais, fortalecendo a autonomia, a participação e o exercício da cidadania, na defesa e na conquista dos direitos humanos e da justiça social.

Quem é o/a Assistente Social

É o/a profissional com graduação em Serviço Social (em curso reconhecido pelo MEC). Para trabalhar como Assistente Social é necessário ter registro no Conselho Regional de Serviço Social (CRESS) do estado em que trabalha. 

Atuação do Assistente Social

O/A Assistente social atua no âmbito das relações sociais, junto a indivíduos, grupos, famílias, comunidade e movimentos sociais, desenvolvendo ações que fortaleçam sua autonomia, participação e exercício de cidadania, com vistas à mudança nas suas condições de vida.

Os princípios de defesa dos direitos humanos e justiça social são elementos fundamentais para o trabalho social, com vistas à superação da desigualdade social e de situações de violência, opressão, pobreza, fome e desemprego.

Áreas de trabalho do Assistente Social

Assistentes sociais são requisitados para atuação em diversos espaços ocupacionais na sociedade, dentre elas, escolas/universidades, hospitais, clínicas de saúde mental, centros de idosos, unidades de saúde pública e privada, área prisional, corporações militares, em equipamentos da assistência social, CRAS, CREAS, Abrigos, e em diversos órgãos públicos e privados.

Faixa Salarial do Assistente Social

A profissão não possui piso salarial, mas, segundo o CFESS, existe uma Tabela de Honorários Profissionais, que determina o valor da hora técnica, fixando o valor mínimo a ser cobrado, e serve de parâmetro para prestação dos serviços profissionais que trabalham sem qualquer vínculo empregatício, vínculo estatutário ou de natureza assemelhada. 

Valores a serem cobrados a partir de setembro de 2019:

Ainda segundo o Conselho Federal, para os profissionais com carteira assinada, a média salarial da categoria é de R$2.528,00 (dados FIPE, 2018).

A jornada semanal de trabalho da assistente social deve ser de, no máximo, 30 horas, de acordo com a Lei 8.662/1993.

Entidades da categoria

Conheça as entidades e suas atribuições


Clique aqui

CRESS pelo Brasil

Endereço eletrônico dos Conselhos Regionais de Serviço Social


Clique aqui

Veja as últimas notícias

Guia ajuda jovens com HIV a enfrentar questões de saúde mental em tempos de COVID-19

Concurso para Assistente Social Goias/GO

A Pandemia do Coronavirus e as Drogas Ilícitas

Como funcionam as aferições nas políticas de cotas raciais: as comissões de heteroidentificação

Concurso Pouso Alto/MG

Teleatendimento e população idosa: garantia de direitos?

O que foi destaque no SESO Notícias na 4ª semana de junho

Concurso para Assistente Social Cafelândia/SP

Concurso para Assistente Social Monte Santo de Minas/MG

Nota sobre “Trabalho e ensino remoto emergencial”