VII Curso de Extensão Mídia, Violência e Direitos Humanos (MVDH)

Curso de extensão oferecerá um amplo debate sobre violência, racismo, resistência da juventude, gênero, direitos humanos, entre outros temas necessários na cena contemporânea.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O Núcleo de Estudos de Políticas Públicas em Direitos Humanos Suely Souza de Almeida (Nepp-DH) da UFRJ organiza a 7ª edição do curso de extensão Mídia, Violência e Direitos Humanos (MVDH) que está com as inscrições abertas até o dia 26 de Julho.

Segundo o Nepp-DH:

O objetivo é atuar como espaço de diálogo horizontal entre a Universidade e moradores de favelas e periferias, comunicadores populares, lideranças comunitárias, integrantes de movimentos sociais e profissionais com atuação em favelas e periferias.

A proposta é refletir acerca das representações da violência, em seus recortes de classe, étnico-racial e de gênero, e propor alternativas a elas. A metodologia se dará por meio da exposição de especialistas reunidos em mesas temáticas, seguidas de debates com os alunos, de modo a promover a troca de saberes e experiências.

  • As aulas serão realizadas através da plataforma Zoom.
  • Número de aulas: 10
  • Início: 5 de agosto
  • Término: 7 de outubro
  • Dias: quartas-feiras
  • Horário: das 17h às 20h
  • Carga horária total: 30 horas

Seleção: Os/as interessados/as deverão enviar os dados para o e-mail mvdh@nepp-dh.ufrj.br: nome, endereço, profissão e os motivos pelos quais têm interesse em participar (até 3 linhas).

Os/as candidatos/as serão selecionados/as por meio de sorteio público, a ser realizado em dia e horário a ser divulgado na página https://www.facebook.com/cursodeextensaomvdh/.

Serão oferecidas 80 vagas a serem preenchidas, prioritariamente, pelo público mencionado acima.

Destas, 55 serão destinadas ao público preferencial – moradores de favelas e periferias, comunicadores populares, lideranças comunitárias, integrantes de movimentos sociais e profissionais com atuação em favelas e periferias – e 25 aos/às demais interessados/as.

Serão sorteadas também 40 vagas em lista de espera, sendo 30 para o público preferencial e 10 para os/as demais interessados/as.

Certificação: Serão atribuídos certificados de conclusão do curso aos/às participantes que obtiverem, no mínimo, 75% de frequência.

Coordenação geral: Pedro Barreto e Vantuil Pereira

Programação:

Dia 5/08: Aula inaugural: “Pensar a cidade: violência, racismo e territorialidade no Rio de Janeiro”.

Módulo 1: A violência e o seu caráter racista
Dia 12/08: Aula 1: “Racismo estrutural e necropolítica”
Dia 19/08: Aula 2: “O racismo cotidiano: a resistência da juventude e de religiosos”

Módulo 2: A violência e o seu recorte de classe
Dia 26/08: Aula 3: “A construção social do crime no Brasil”
Dia 02/09: Aula 4: “O encarceramento como política de controle da pobreza”

Módulo 3: A violência e o seu recorte de gênero
Dia 09/09: Aula 5: “Violência contra mulheres”
Dia 16/09: Aula 6: “Violência contra a população LGBTQIA+”

Módulo 4: Comunicação e direitos humanos
Dia 23/09: Aula 7: “Uma perspectiva comunicacional dos Direitos Humanos”
Dia 30/09: Aula 8: “Economia política da comunicação”

Aula de encerramento:
Dia 07/10: “A cultura como forma de resistência”

Deixe seu comentário:

redacao@sesonoticias.com.br

Sugestão de pauta

Assuntos Relacionados

Veja também

Siga nosso Telegram

Acompanhe notícias do Serviço Social de todo o Brasil.